Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Atenção a Saúde do Adulto e Idoso

Publicado: Terça, 15 de Agosto de 2017, 15h07 | Última atualização em Terça, 15 de Agosto de 2017, 15h07 | Acessos: 57

No dia 08 de abril de 2016, no período vespertino, a Assistente Social Sra Marilene Gonçalves Silveira Subcoordenadora de Atenção à Saúde da Pessoa Idosa - Gerência de Programas Especiais (ATSPI/GPE/SPAIS/SES-GO), esteve na Universidade Federal de Goiás - Regional Catalão reuniu-se com Profª Dra. Ivânia Vera - Coordenadora do Projeto de Extensão intitulado "Atenção a Saúde do Adulto e Idoso" cadastrado Universidade Federal de Goiás - Pró-Reitoria de Extensão e Cultura - SIEC-115645 e a Profª Graciele Cristina Silva, nutricionista e membro da comissão organizadora e executora do referido Projeto de Extensão.

No momento, foram discutidos os limites e as possibilidades de Ações voltadas à Promoção da Saúde da Pessoa Idosa em nível locorregional.

Posteriormente, foi reforçado o convite para participar do Seminário: “Boas Práticas do Cuidado em Saúde da Pessoa Idosa na Atenção Básica”,no município de Goiânia, no dia 03 de maio do corrente ano, no Hotel Biss Inn, situado à Avenida Anhanguera, 2913, Setor Universitário, Goiânia – GO.

O evento promovido pela Secretaria de Estado de Saúde de Goiás, por meio da Superintendência de Políticas de Atenção Integral à Saúde, da Gerência de Programas Especiais e da Subcoordenação de Atenção à Saúde da Pessoa Idosa, cujo objetivo é qualificar profissionais da Atenção Básica/Agentes Comunitários de Saúde (ACS) em relação à execução da Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa (Portaria 2.528/2006), as particularidades do cuidado para com a pessoa idosa e a troca de experiências exitosas realizadas em municípios goianos.

No dia 03/05/2016, no período vespertino acontecerão as apresentações das Experiências Exitosas no Estado de Goiás, dentre elas, destaca-se o Projeto de Extensão intitulado "Atenção a Saúde do Adulto e Idoso":

1- Projeto Viva Feliz – NASF – Itumbiara – Amauri Chaves

2- Projeto de Extensão ILPI -UFG/ENF – Catalão – Prof. Ivânia Vera

3- Hospital Dia do Idoso – Anápolis – Julia Maria Rodrigues de Oliveira

4- CRASPI – Goiânia – Katia Regina Borges e Filomena Guterres Costa

O Projeto de Extensão intitulado "Atenção a Saúde do Adulto e Idoso"acontece desde de 2014 (2014-2015), em uma ILPI do Sudeste Goiano. As atividades práticas do Projeto de Extensão SIEC-115645 intitulado “Atenção a Saúde do Adulto e Idoso”, acontece com auxílio das Acadêmicas em Estágio Curricular Obrigatório (ECO I e ECO II) e acadêmicos da Disciplina de Processo de Cuidar do Adulto e Idoso I e II, Docentes vinculados ao Curso de Enfermagem (Enfermeiros/Nutricionista/Farmacêutico).

Os cuidados são efetuados nos moradores da ILIPI, que abriga adultos e idosos, com média de idade de 70 anos, sendo 31,2 % do sexo Masculino e 68,7% do sexo feminino.

A forma de organização social existente na instituição é: Filantrópica e as condições sócias econômicas da população assistida são de 97% aposentados.

Havia 29 moradores em terapia medicamentosa, sendo 21 mulheres (72,41%) e 8 homens (27,58%), com predominância das classes medicamentosas de antipsicóticos: 12 (41,37%); e anticonvulsivantes: 12 (41,37%).

Um fato inovador, foi a Criação e Alimentação do Prontuário do Morador. Neste momento foi realizada a Avaliação Geriátrica Ampla (AGA) com os seguintes Ítens/Documentação para a Criação do Prontuário do Morador:

  • Foto na capa de cada morador perfil e de corpo inteiro dentro do prontuário;
  • Ficha de identificação pessoal e institucional;
  • Check-list com todas as informações contidas no prontuário;

 

  • Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), contendo:
  • Coleta de Dados:
  • ANAMNESE: dados biográficos, perfil ocupacional, antecedentes familiares, ambiente doméstico/ moradia, sinais vitais e medidas antropométricas, presença de doenças crônicas transmissíveis e não transmissíveis,histórico de câncer, medicações em uso, tratamentos clínicos e cirúrgicos, tabagismo e etilismo, sexualidade, estado de imunização e psicossocial. Obtendo ainda, informações relevantes quanto à exames laboratoriais e presença de alergias.;
  • EXAME FÍSICO: feito através de técnicas de inspeção, ausculta, palpação e percussão de órgãos, sistemas orgânicos (neurológico, pulmonar, cardiovascular, gastrintestinal, geniturinário, pele e mucosas) e função motora, de forma criteriosa, efetuando o levantamento de dados sobre o estado de saúde do morador (POTTER; PERRY, 2009).

 

  • AVALIAÇÃO GERIÁTRICA AMPLA (AGA) contendo:
  • Sobrecarga do Cuidador (ZARIT, 1983; BRASIL, 2007, p.182);
  • Avaliação da Funcionalidade Familiar (APGAR FAMILIAR (SMILKSTEIN, 1978; BRASIL, 2007, P.174; VERA et al., 2014);
  • Teste SRQ 20- Self ReportQuestionanaire (GONÇAVES et al., 2008);
  • Teste do Sussurro (BRASIL, 2007);
  • Avaliação da Dor [escala numérica e facial];
  • Teste do Equilíbrio e Mobilidade (TINNETI, 1986);
  • Quedas [referidas no último ano]
  • Teste de Fragilidade (SANTIAGO et al.,2012).
  • Avaliação da Capacidade Funcional por meio da Atividade de Vida Diária:
  • Atividade Básica de Vida Diária [ABVD] - KATZ (BRASIL, 2007; DUARTE; ANDRADE; LEBRÃO, 2007);
  • Atividade Instrumental de Vida Diária [AIVD] - LAWTON (FREITAS; MIRANDA, 2006; BRASIL, 2007, P.153)
  • Avaliação da Depressão-Escala de Depressão Geriátrica [EDG-15] (YESAVAGE, 1983; ALMEIDA, S, 1999; PARADELA; LOURENÇO; VERAS, 2005);
  • Avaliação da Função Cognitiva – Mini Exame do Estado Mental [MEEM] (FOLSTEIN et al., 1975);
  • Genograma (BRASIL, 2007);
  • Ecomapa (BRASIL, 2007);
  • Escala de Braden (BRADEN; BERGSTROM, 1987; PARANHOS; SANTOS, 1999);
  • Mini Avaliação Nutricional (GUIGOZ, 2006);
  • Escala de Cincinatti (KOTHARI et al.,1999)
  • Escala do risco de úlcera por pressão (BRADEN; BERGSTROM,1987; PARANHOS; SANTOS,1999).

 

  • DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM (NANDA I, 2012-2014; NANDA I, 2015-2017)
  • PRESCRIÇÃO DE ENFERMAGEM;
  • EVOLUÇÃO DE ENFERMAGEM (diária e/ou a cada visita na ILPI)
  • FORMULÁRIO DE SINAIS VITAIS.
    • Pressão Arterial (PA), Pulso (P), Temperatura (TºC), Frequência Respiratória (FR), DOR (escala numérica e de face), Eliminações fisiológicas (diurese/evacuação)

 

  •  Atividades desenvolvidas nestes dois anos de Projeto de Extensão:
    • Educação Permanente e Educação em Saúde, foram:

            -Higienização de mão com moradores;              

- Higienização corpórea com cuidadores;

- Uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para banho e troca dos mesmos (Luvas) entre moradores;

-Atividades lúdicas: música, jogos e brincadeiras;

-Rodas de conversa;

-Leitura dos versos produzidos por uma moradora, pelos alunos de Enfermagem, durante as festividades;

-atendimento à demanda.

  • Comemoração do Dia do Idoso
  • Confecção de quadro de aniversariantes do mês, que fica disponível na parede do corredor central, e é trocado a cada mês;
  • Intermediação de uma doação de uma cama hospitalar, efetuada por uma Unidade Hospitalar Privada no Município;
    • Alimentação/anotações em Prontuário do Morador;
    • Organização do Armário de Aço - dos prontuários do morador;

Outras atividades executadas:

  • Listagem de medicamentos/dose usados pelos moradores;
  • Diagnóstico situacional do quadro de pessoal da ILPI;
  • Levantamento de recursos materiais presentes na ILPI.

Muitas das atividades desenvolvidas foram divulgadas em meio científico, Congressos e Eventos, na modalidade "Relato de Experiência".

Cabe salientar e agradecer:

-Aos moradores da ILPI, que nos acolhe a cada encontro, com suas necessidades, anseios e frustrações;

-Aos Coordenadores da ILPI, que nos acolheu em nosso Projeto e nos apóia imensamente;

-Aos funcionários da ILPI, que prontamente se 'abrem' a novos ensinamentos e troca de experiências;

-E a Comunidade em Geral que, sabendo do ideologia do Projeto de Extensão, sempre reuniu esforços para que as Ações propostas fossem executadas. Dentre os muitos, destaco:

  1. Fundação Cultural Maria das Dores [coral e cantoria]
  2. Fundação Espírita Nova Vida (FENOVA) - Cleozadir de Souza Aires [apresentação da Orquestra de Violeiros];
  3. Núcleo Doce Viver -Coordenadora Noraldina Nunes/Coral
  4. SENAC- alunos do Curso de Esteticista/2014
  5. Posto São João (João Marciano Rosa Neto) que doou a impressão das fotos para o quadro de fotos.
  6. Vidraçaria WI - doou o quadro para por as fotos.
  7. E todos os demais envolvidos.

 

 

Coordenação do Programa de Pós-graduação em Gestão Organizacional

registrado em:
Fim do conteúdo da página